Cartas para Bárbara: XV

Bárbara, hoje te escrevo sobretudo para agradecer.
você possui o que há de mais lindo num ser: inspiração.
conheço muita gente que escrevia quando mais jovem, mas que pararam quando os anos foram pesando em seus olhares.
eu não largo a poesia porque é ela quem me salva do mundo, de mim.
mas nós, eu e a poesia, tivemos intervalos, como em todo relacionamento intenso.
e você, você me trouxe de volta à toda minha poesia.
você tirou o peso do meu olhar, Bárbara.
você ressignificou tudo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cartas para Bárbara: XX

Cartas para Bárbara: IV