Cartas para Bárbara: XIV

minha menina, eu não posso acreditar que o mundo já foi duro contigo, você não merece.
eu te juro, meu bem, se eu pudesse, teria evitado todas as tuas dores.
eu te cuidaria todo dia, tanto e sempre, Bárbara.
e é tão grande isso que sinto, que aos céus já fiz um pedido:
se um dia eu te fizer doer mais do que amar, que esse encontro não se dê.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cartas para Bárbara: XX

Cartas para Bárbara: IV