Cartas para Bárbara: I

Bárbara, ontem os meus lençóis suaram teu suor e o quarto tinha teu cheiro.
eu te ouvia em cada tom da música que tocava ao fundo, uma das tantas que você me apresentou. você mudou a minha playlist. você mudou meu ritmo. e eu nunca gostei tanto de mudanças.
eu te vi, nitidamente, sob mim. eu te senti como se já antes te tivesse tocado.
alguns minutos mais tarde, sorri, lembrando de quando você disse que nada sabia sobre mim.
mas eu te sabia inteira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cartas para Bárbara: XX

Cartas para Bárbara: IV