Cartas para Bárbara: VIII

Bárbara, hoje cedo tomei chá contigo na varanda.
pensei sobre a vida, sobre ela ser mesmo a arte dos encontros, como disse o poetinha.
fico especialmente feliz por ter te encontrado.
pensei como seria se ele, o próprio Vinicius, te tivesse encontrado, se vocês tivessem sido contemporâneos; você renderia belas poesias, lindas músicas.
Bárbara, não foi você quem inspirou o Chico?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cartas para Bárbara: XX

Cartas para Bárbara: IV